Blog

16
JAN/2014

O ano não começa sozinho

Ele começa acompanhado, muito bem acompanhado. Listas, metas e objetivos tomam conta de cadernos, agendas, bloquinhos improvisados ou habitam o plano abstrato, quando no particular de cada mente. Não importa a forma, e sim o conteúdo. Lá estão planos de curto, médio e longo prazo. Coisas pra já, lá e acolá.
O ano começa também com promessas, iluminadas agora por um lindo sol. Sabemos, o inverno um dia chegará, mas, temos certeza, não será o bastante para diminuir o brilho do nosso futuro. Dois mil e catorze promete, e nós vamos cobrar. Aos poucos, os meses se sucedem, na medida em que nossas conquista avançam. Então, feche o navegador, respire fundo e aproveite bem todos os seus dias.

© 2012 Sorvelândia. Todos os direitos reservados. Imagens meramente ilustrativas.