Blog

07
ABR/2017

Top 5 exercícios diferentes que fazem bem à saúde

Aquela velha citação “corpo são, mente sã” já provou ser a mais pura verdade, mas dependendo do exercício dá mais vontade é de ficar em casa mesmo, abraçado no controle remoto ou escolhendo seriado na Netflix. Para quem está enjoado de musculação, pilates, natação, zumba ou qualquer uma dessas atividades mais comuns, apontamos abaixo de alguns exercícios diferentes, que fazem bem para o corpo, a mente e a criatividade. Confira!

Pole dance
Dança ou exercício físico: não importa a classificação, mas os resultados. Ícone de sensualidade, agora virou opção para manter a forma. Exige muita força, porque não é nada fácil sustentar o corpo em um poste segurando apenas com as mãos ou as pernas. Além de aumentar a flexibilidade e do fortalecimento muscular, principalmente o abdominal, também trabalha com a autoconfiança e faz sumir com a timidez. Porém, não é indicado pra quem tem labirintite, hérnia de disco ou algum problema de coluna.

Circo – acrobacias aéreas em tecido
Participar de uma escola circense é uma maneira lúdica e bem diferente de se exercitar. Acrobacias com tecido é a modalidade mais popular, com a pessoa se enrolando em um grande pedaço de pano suspenso, pendurando, desenrolando e deslizando. Há ainda o arco, que é um aro de ferro, e o trapézio, uma barra de ferro suspensa por duas cordas. Parece brincadeira, mas não é: sabia que a estimativa é de uma hora de exercício queimar até 400 calorias? Estas acrobacias trabalham com a coordenação motora, flexibilidade e resistência, aumentando a força muscular, além de otimizar equilíbrio e postura. Sem falar que é extremamente relaxante, aliviando o estresse do dia-a-dia.

Krav maga
Uma opção de arte marcial que vai além da conquistar boa forma: também serve como defesa pessoal. De origem israelita, possui método de combate corporal que é baseado em instintos e reflexos naturais, com lutas, torções e pontapés, por exemplo. O krav maga ensina como utilizar o corpo, mantendo os princípios básicos de simplicidade, rapidez e eficácia. Sua filosofia consiste em neutralizar ameaças e garantir a sobrevivência de seus praticantes. Forte, não é mesmo?

Squash
É tipo jogar tênis, só que não. A revista Forbes, dos Estados Unidos, certa vez classificou o squash como o esporte mais saudável para se praticar, não só pelo belo exercício aeróbico que é e pelo fortalecimento muscular que proporciona, mas também por ser divertido e trabalhar com a coordenação motora e a concentração. O gasto calórico vai às alturas e o suor rola em bicas, combatendo estresse e trazendo de brinde uma boa resistência. Ele ainda desenvolve o foco e o raciocínio rápido, aumentando a velocidade com que o praticante responde a um estímulo – dentro e fora das quadras.

Tai chi chuan
É luta, é exercício, é filosofia, é arte marcial, tudo junto e misturado. É a interação de energias. Os benefícios são diversos, como queima de calorias a partir dos 15 minutos de prática, melhora da força muscular (principalmente nos membros superiores), da flexibilidade, do equilíbrio, da concentração, dos reflexos, da circulação sanguínea e do condicionamento aeróbico. Por conta do alongamento resultante deste exercício, pode-se até aliviar dores de doenças como artrite e melhorar o domínio dos movimentos de quem sofre de Parkinson, além de reduzir impactos da osteoporose e outras doenças relacionadas à baixa densidade óssea.

© 2012 Sorvelândia. Todos os direitos reservados. Imagens meramente ilustrativas.