Blog

30
MAI/2016

Desvendando sabores: Iogurte

Como grande parte das descobertas, as origens do iogurte são controversas. Uma das principais correntes defende que surgiu há mais ou menos 10.000 a.C. (Idade da Pedra), na região da Ásia Central. Como os povos de lá armazenavam o leite em locais quentes, ele coalhava e, dependendo da bactéria presente, o alimento virava iogurte ou queijo. Mais tarde, por volta de 2000 a.C., a técnica já era utilizada com o objetivo de conservar o leite de animais domésticos.

Em 1070, o iogurte é elemento cultural importante na Turquia, tanto que a palavra deriva de outra do idioma turco que significa “coalhar ou engrossar”. O produto chega aos Estados Unidos em 1670, por meio de viajantes turcos. Já em 1905, o cientista búlgaro Stamen Grigorov descobre um tipo de bacilo, batizado mais tarde de “Lactobacillus bulgaricus”, capaz de criar o iogurte.

A primeira produção industrial ocorreu na Espanha, em Barcelona. O empresário Isaac Carasso batiza a empresa de “Danone”, em homenagem ao seu filho, “Danielzinho”. A popularização do iogurte acontece nas décadas de 1950 e 1960, quando o alimento ganha reputação de saudável.

Hoje, o iogurte é consumido em todo mundo, puro, com frutas, mel e na forma de sorvete, claro. Dividido em classes, como naturais, desnatados, light e funcionais, o iogurte ajuda a regular o funcionamento do intestino, combate o mau hálito e cáries, sendo também fonte importante de proteína, cálcio, potássio, fósforo e vitaminas B6 e B12. Seja para curtir o dia ou fazer aquele lanche saudável cheio de sabor, o iogurte sempre vai muito bem.

Fontes: Danone Activia | Mundo Educação

© 2012 Sorvelândia. Todos os direitos reservados. Imagens meramente ilustrativas.